Lugares obrigatórios para visitar no sul do Brasil

Posted on

Um lugar de fuga favorito para os residentes do Brasil, Argentina e Paraguai, a ponta sul do Brasil está rapidamente se tornando um destino popular para os visitantes de todos os cantos do globo. Com atrações que vão desde praias imaculadas e cachoeiras impressionantes até ruínas históricas e museus modernos, é fácil entender o crescente apelo da região.

Explorar a área relativamente pequena também é surpreendentemente fácil. Grande parte habitada por pessoas de ascendência europeia, a maioria dos destinos no sul do Brasil ostentam um alto padrão de vida, uma infraestrutura forte e uma indústria hoteleira bem desenvolvida.

Com seu clima temperado, deliciosa gastronomia e abundância de atividades recreativas, o sul do Brasil é um lugar maravilhoso para passar férias memoráveis.

Porto Alegre

A capital do Estado do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, situa-se ao longo das margens do estuário de Guaíba, onde cinco rios desembocam numa gigantesca Lagoa de água doce. A grande metrópole é uma das mais prósperas do Brasil, e é uma das cidades culturalmente mais ricas também.

Com sua extensa coleção de fotografias e artefatos arqueológicos, o Museu Joaquim José Felizardo é uma necessidade para qualquer visitante interessado no passado histórico da cidade. Infelizmente, os níveis de criminalidade na cidade são preocupantes e o centro da cidade é claramente desordenado, mesmo durante o dia.

São Miguel das Missões

Localizada no Estado do Rio Grande do Sul, a pequena vila de São Miguel das Missões abriga o que resta da missão do século XVII de mesmo nome. As pitorescas ruínas são as mais bem preservadas das sete missões jesuítas que foram construídas na terra dos Guaranis durante os séculos XVII e XVIII, a fim de converter os nativos ao cristianismo.

Agora protegido como parte de um Parque Histórico, São Miguel é valorizado pela beleza de seu entorno, bem como pelo estilo arquitetônico gracioso da missão. A estatuária desenterrada em escavações arqueológicas está em exposição no Museu da missão, que foi projetado pelo renomado arquiteto de Brasília Lucío Costa.

Parque Nacional Aparados da Serra

Abrangendo amplas faixas de terra ao longo da fronteira entre os estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina, o primeiro parque nacional brasileiro foi criado para proteger os espetaculares canyons da região. O Itaimbezinho de tirar o fôlego é a principal atração do Parque.

Uma curta caminhada do centro de visitantes leva à borda deste canyon, oferecendo vistas de quedas de água sazonais que mergulham no vale profundo abaixo. Durante a estação seca, os aventureiros podem contratar um guia profissional e passar um dia inteiro caminhando ao longo do leito do rio que atravessa a base do canyon.


3 lugares que você precisa conhecer em Santa Catarina!

Posted on

As cidades do Estado de Santa Catarina são verdadeiramente diversas. Na costa você encontrará estereótipos das praias do Brasil – areia dourada, samba e locais beijados pelo sol. Mova-se para o interior e troque caipirinhas por cervejas, praias espumantes por colinas rolantes, a cultura portuguesa pela alemã. Aqui estão algumas esplêndidas cidades de Santa Catarina.

Mas antes é indicado que você verifique se está tudo de acordo com suas informações como CNH e multas, você pode realizar essa consulta por meio do Detran de Santa Catarina.

Barra Velha

Aproximando-se da fronteira norte com o estado do Paraná, o Rio Itapocu deságua no oceano e cria uma barra de areia e uma fina bolsa de água que leva até a cidade de Barra Velha. Aqui você encontrará uma comunidade que não é bem uma cidade, mas não uma cidade pequena, fixando-se bem no meio. Ele tem uma vibração relaxada, e grande faixa de praia com o canal ao lado do oceano, criando uma pacífica piscina natural.

Lagoa da Conceição

A ilha de Florianópolis, ou “Floripa” é o lar de um conglomerado de cidades espalhadas em torno da ilha e um dos favoritos pontos, sendo simplesmente referido como Lagoa. Você encontrará uma vista deslumbrante do lago tranquilo de quase qualquer lugar da cidade, incluindo grandes cafés, restaurantes e atividades como kiteboarding, windsurf, paddle boarding e até mesmo sandboarding.

Balneário Camboriú

Este é o equivalente brasileiro a um lugar como o paraíso dos surfistas na Austrália, onde gira em torno de tudo, menos em torno do surf, e mais em torno da vida noturna. Prédios altos ao redor da costa, o que faz com que uma pequena metrópole esteja acontecendo que também fornece uma grande faixa de praia para enfermagem que ressaca.

Bombinhas

Você deverá pegar alguns ônibus para chegar aqui, certamente não o lugar mais fácil para chegar, mas a matança é digno da caçada como é tratado para algumas cidades, praias e caminhadas. Bombinhas é a maior parte da cidade no lado norte da península com uma faixa gigante de praia, e sobre a colina é a cidade menor de Bombinhas, também, com um belo trecho de areia dourada.

Continue sobre outra grande colina e você atinge a Praia de Mariscal, uma área residencial construída na praia mais desocupada da área, que termina em uma trilha comprida e cansativa até o Morro do Macaco.


Como funcionam as placas de carro no Brasil?

Posted on

As chapas de matrícula brasileiras usam esquemas de cores para mostrar seu tipo, e as chapas dianteira e traseira usam as mesmas cores: as chapas de matrícula dos veículos brasileiros são emitidas pelos estados . Cada estado possui um Departamento de Trânsito (DETRAN) que é cobrado com registro de veículos e coleta de impostos sobre automóveis, mas as placas são padronizadas em todo o país e formam um banco de dados nacional de registro de veículos.

O sistema atual foi criado em 1990 e recebeu o nome de Registro Nacional de Veículos Automotores (RENAVAM). Ele usa o formato “LLL · NNNN”, em que LLL é uma combinação de três letras seguida por um número de quatro dígitos com um ponto entre as letras e os números. Uma combinação dada a um veículo permanece com ele “por toda a vida” – não pode ser alterada ou transferida para outro veículo. As chapas de vaidade são permitidas desde que cumpram o mesmo padrão das chapas que não sejam de vaidade, como é o exemplo do detran de santa catarina, por exemplo.

Acima a combinação é uma banda metálica com a abreviação do Estado (SP = São Paulo , RJ = Rio de Janeiro , PR = Paraná, AM = Amazonas etc.) e o nome do município em que o veículo está atualmente registrado. Essa banda precisa ser alterada quando um veículo precisa ser registrado em um município diferente. Chapas traseiras são ligadas ao veículo por um selo de plástico. Vedações quebradas invalidam a placa de identificação, que deve ser lacrada pelas autoridades. Selos precisam ser quebrados para alterar as tags Estado / Município.

O tamanho das placas brasileiras foi padronizado para 400 x 130 mm (aprox. 15 “x 5″) em 2008. Essa padronização também determina uma fonte única conhecida como ” Mandatory “, que é similar ao tipo de letra usado nas placas britânicas.introduzido lá em 2001. Placas em padrão norte-americano ou tamanho padrão europeu não podem mais ser usadas a partir de 1 de janeiro de 2008.

  • preto sobre cinza: veículos depropriedade privada
  • branco sobre vermelho: qualquer tipo de transporte pago ( ônibus, táxis)
  • vermelho no branco: escola de condução( autoescola em Português )
  • preto no branco: uso oficial (carros do governo: departamentos de polícia, bombeiros , serviços públicos federais, estaduais ou municipais)
  • cinza sobre preto: itens de colecionador (veículos com mais de 30 anos em excelente estado de conservação e no estado original – com mais de 80% de seus componentes originais).
  • branco no verde: placas do fabricante para veículos em teste, teste do revendedor ou, em alguns casos, test-drive (na maioria dos casos, carros testados são registrados na concessionária e, portanto, usam placas pretas em cinza; carros particulares testados após reparos) geralmente carregam placas verdes instaladas pelo revendedor sobre suas placas pretas em cinza)
  • branco sobre azul: uso diplomático (neste caso no formato CD 1234 ou CC 1234) ou licenças mais novas como o EMB 1234)

As letras na matrícula podem descrever o estado em que um veículo foi originalmente registrado. Os veículos realocados de um estado para outro mostrarão o novo estado / município na etiqueta substituível, mas é sempre possível determinar o local do registro original de um veículo usado observando a faixa da placa para cada estado brasileiro:


Como dirigir na chuva com segurança

Posted on

Estrada é molhada de manhã e de condução na chuva, pode ser tanto assustador e perigoso.Há uma série de precauções de segurança, incluindo a condução de acordo com as condições. Aqui estão cinco dicas para evitar acidentes. No Brasil o risco de acidentes é ainda maior porque a grande maioria dos territórios são cercados de curvas ou estradas que, por questões geográficas, necessitavam de várias curvas. O resultado disso com chuva molhada é perfeito para um acidente. Por tanto antes de pegar a estrada com chuva lembre-se dos deveres ao dirigir na estrada

dirigir-na-chuva

  1. Diminuir a velocidade

Dirigir em alta velocidade em estradas molhadas pode levar a aquaplanagem fazendo com que os pneus percam o contacto com a estrada e o carro menos controle, em termos de direção ou dos travões.

  1. Dirigir com as duas mãos no volante

Isto dá-lhe o máximo de controle se você tiver a sua vez, desviar ou reagir rapidamente. Ele também diminui as chances de lesões de airbags, em caso de uma colisão.

  1. Evitar bater os freios

Batendo freios pode fazer com que você deslize para a frente. Bater os freios muito duro pode também forçar a água em seu freios, tornando-os menos eficazes.

  1. Ligue os faróis

Se é de dia ou de noite, quando começa a chover, ligar faróis imediatamente. Isto torna mais fácil para outros controladores de ver o seu carro e para você ver o caminho mais clara.

  1. Revezam-se lentamente

Sempre que você tiver uma curva até chegar, sinal cedo e começar a abrandar, mais cedo do que você faria em boas condições.


Leve toda a família para conhecer Bonito nas suas férias

Posted on

O nosso país é repleto de belezas naturais, sendo que grande parte delas são constituídas por praias e o visual de uma natureza perfeita, para que todas as pessoas possam desfrutar do momento das férias com tranquilidade e conforto. Bonito é uma das regiões que oferece as mais diversas e belas paisagens para toda a família, sendo uma ótima opção para aqueles que desejam passar um tempo na companhia de amigos e familiares, divertindo-se e realizando atividades ligadas diretamente com a natureza.

O preço de um com destino a Bonito pode variar de acordo com o número de pessoas, o tempo de permanência e a estrutura escolhida, porém se você optar por esse tipo de viagem tenha a certeza que qualquer valor que for investido será muito bem pago, pois a experiência que Bonito proporciona aos turistas é inesquecível e revigorante.

Há diversos pontos turísticos para que você visite com toda a família, e entre as atrações da cidade, destacam-se: passeios de aventura (em abismos, aquários e rios), cachoeiras (escaladas), contemplações (onde o barato é admirar as belezas incríveis da natureza), flutuação (onde o turista pode admirar as belezas do fundo dos rios) e grutas (explorando os encantos dos lugares mais escondidos). Além dos pacotes, você pode ir por conta, comprando sua hospedagem e passagens aéreas em sites especializados (Decolar, Viajanet, Submarino Viagens, etc). Prepare suas malas de viagem, e vamos lá!

Continue lendo»