Como evitar excesso de bagagem?

Posted on

Viajar é tudo de bom, não é mesmo? Conhecer lugares e pessoas novas, visitar locais famosos, fazer um roteiro de viagem incrível e ainda fazer umas comprinhas. Mas, apesar de tanta coisa boa, as viagens de avião ainda trazem um dilema: como evitar excesso de bagagem?

Para fazer um voo, seja nacional ou internacional, é preciso comprar as passagens aéreas com antecedência e se programar. Pois, há um limite de peso para a bagagem de bordo e também para a bagagem de mão. Caso as suas malas sejam maiores, terá que pagar mais caro.

excesso-de-bagagem

E afinal, nada melhor do que viajar e levar consigo só o que vai precisar, não é mesmo? Então, prossiga com a leitura e descubra como levar apenas o essencial, evitando o excesso de bagagem:

Atente-se às regras da companhia

Antes de tirar metade dos seus itens da mala, verifique com a companhia que você irá viajar as normas e regras sobre a bagagem. Apesar da regulamentação da ANAC, algumas companhias têm particularidades, que são importantes para o conhecimento do turista.

Segundo a ANAC, em viagens nacionais o peso permitido em bagagem de mão é de até 10kg mais um item pessoal (como coberta, muleta, pasta de trabalho/notebook etc). Para voos internacionais o peso máximo é entre 8 e 10 kg mais um item pessoal, dependendo da companhia.

O volume é definido de acordo com cada companhia aérea. Lembrando que a bagagem de mão é aquela que pode ser levada junto com o passageiro durante a viagem. Já as bagagens que passam desse volume e peso permitidos, são despachadas. Para isso, chegue cedo no aeroporto!

Já para as bagagens despachadas, aquelas que vão no porão do avião, cada companhia tem o direito de decidir o valor e o peso da bagagem permitida. Algumas vendem a passagem aérea junto com a bagagem despachada, sendo mais caras. As passagens mais baratas não incluem esse serviço.

No geral, o valor para despachar uma mala varia entre R$ 60,00 e R$ 120,00 dependendo do volume e da companhia.

Dicas para evitar o excesso de bagagem

Dez quilos de mala dá para levar bastante coisa. Mas é possível melhorar tanto o peso quanto o volume com algumas dicas básicas na hora de organizar a mala de viagem.

1 – Escolha malas leves

A pesagem da mala de viagem não leva em consideração apenas o que tem dentro. Mas também o peso da mala. Portanto, o ideal é sempre optar por malas mais leves que estejam dentro do tamanho permitido pela companhia escolhida. Uma boa mala de rodinha com o tamanho certo, pesa entre 2,5 a 3kg. Veja alguns modelos aqui, aqui e aqui.

Dessa forma, você tem entre 7 e 7,5kg de itens pessoais para levar dentro dessa mala.

2 – Leve o essencial

Para muita gente, principalmente para as mulheres, esse é um ponto difícil: o que é essencial em uma mala de viagem?

Comece planejando o que você vai de fato usar. Para isso, veja o clima do seu lugar de destino. Se estiver frio, planeje roupas de frio. Se tiver calor, não é necessário jaquetas ou blusas. O interessante é levar peças curingas, que combinam com todas as outras. Ou até mesmo peças únicas, como vestidos ou macacões. Caso não for necessário evite levar sombrinha, pois é algo que pode ser comprado facilmente em qualquer local.

Lembre-se que há ainda itens pessoais, como produtos para cabelo, pele e higiene pessoal. Opte por levar pequenos, nas quantidades ideais para os dias que você ficará fora. Confira também a quantidade permitida como bagagem de mão.

Caso necessite deixar alguns objetos de valor em casa e sua viagem sera longa, opte em deixá-los em um Self Storage. Com segurança e monitoramento 24hs é uma excelente opção. Procure a unidade de Self Storage São Paulo e viaje tranquilo.

3 – Leve o que é permitido como bagagem de mão

É permitido levar na bagagem de mão:

 

  • Cosméticos sólidos (batons, desodorante etc);
  • Medicamentos essenciais e com prescrição médica com o nome do passageiro;
  • Outros medicamentos sem prescrição: até 100ml;
  • Itens pessoais e acessórios (óculos, joias etc);
  • Aparelhos eletrônicos pessoais (celular, carregador, notebooks, câmera etc);
  • Mamadeiras e alimentos infantis industrializados (quantidade suficiente apenas para a duração do voo).

 

NÃO pode ser levado como bagagem de mão:

 

  • Objetos cortantes ou perfurantes (itens de manicure, canivetes etc);
  • Líquidos, géis ou substâncias pastosas (em frascos plásticos com até 100ml);
  • Alimentos para bebês em excesso.

 

É interessante frisar que alguns objetos, como cadeira de rodas é considerada bagagem de mão, mesmo sendo transportada no porão.

4 – Se for despachar mala, solicite antes!

Se mesmo com essas dicas, acabar resultando em uma mala de viagem grande, opte por solicitar o despacho de bagagem com antecedência pela internet. Pois, quando o mesmo é feito no balcão, a taxa a ser paga é praticamente o dobro. Portanto, fica mais barato fazer online.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *