Como vender um consórcio?

Posted on

Ao investir em um consórcio, nem sempre é possível prever a situação financeira que terá nos próximos anos. Se o valor mensal a ser pago pesar no orçamento, uma alternativa é vender consórcio.

Neste post, esclarecemos se esse procedimento é legal juridicamente e como fazer para vender um consórcio. Confira e entenda o assunto de uma vez por todas.

como-vender-um-consorcio

Posso vender um consórcio?

Sim, a venda e transferência de titularidade são garantidas pela legislação do consórcio, lei 11.795 de 2008, que também estabelece que esse procedimento só poderá ser realizado com a anuência prévia da administradora.

 

Como realizar a venda?

Há alguns passos a serem seguidos para vender o consórcio. A seguir, listamos todos eles. Confira:

 

  • Comunique a administradora

A comunicação possibilita que a administradora tome conhecimento do processo de venda e transferência de cota. Além disso, ela pode indicar a venda para outras pessoas que estejam interessadas no consórcio, o que agiliza o processo.

 

  • Encontre um comprador

Se a administradora não indicar um comprador, o dono da cota precisa encontrar interessados na transação. Nessa busca e negociação, seja muito transparente e informe dados básicos sobre a cota.

Entre as informações a serem passadas estão saldo devedor, valores já pagos, total de parcelas. No entanto, não dê informações específicas, como dados pessoais e identificação de cota ou grupo.

Se tiver dificuldade em encontrar um comprador, uma saída interessante e que costuma funcionar é oferecer a cota para empresas especializadas na compra de consórcios e carta contemplada.

 

  • Faça o processo na administradora

Encontrou um comprador? Então, inicie o processo na administradora, que solicitará documentos das partes envolvidas e realizará análises para garantir maior segurança financeira na transação.

Se não forem encontrados impeditivos para vender consórcio não contemplado ou contemplado, a administradora autoriza a transação e faz a transferência de titularidade da cota.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *