Reformando por etapas. Vale a pena?

Posted on

A busca por deixar os ambientes sempre mais confortáveis e funcionais é uma situação comum nos dias atuais. Devido às variedades de opções no setor moveleiro, no mercado de decoração e na construção civil, cada vez mais pessoas desejam aprimorar seus imóveis. A reforma é um passo importante a se realizar, que deve ser pensando e organizado com antecedência. Desde o início é importante elaborar projetos para ter uma prévia do resultado final (contando com o auxílio de arquitetos, engenheiros e decoradores para garantir a eficácia da reforma) e fazer orçamentos para checar se os recursos financeiros serão suficientes.

Para isso, muitas pessoas optam pela reforma por etapas. Dessa forma, é importante analisar quais são os lados positivos e negativos da modificação do imóvel e ver se essa é a melhor opção para realizar sua reforma.

Reformas

Prós

– Se os reparos desejados forem de pequeno porte, como mudança de pisos internos, alteração na decoração ou pinturas, a reforma em etapas é a opção ideal;

– Nesse tipo de reforma a mudança dos móveis acontece poucas vezes e por tempo reduzido. Esse fator evita danos nos mesmos;

– Como a reforma não será na casa inteira, é possível transferir os moradores para outro espaço dentro do imóvel. Esse ponto torna-se ainda mais positivo quando trata-se de sobrados, pois os habitantes poderão apropriar-se de um andar e deixar que o outro seja reformado. Além disso, continuar na residência permite que você acompanhe de perto as mudanças que estão sendo realizadas em seu lar;

Contras

– Uma das maiores desvantagens de morar em um imóvel que passa por reforma é o barulho, a sujeira frequente no local e pessoas estranhas fazendo parte do cotidiano de sua casa;

– Se você optar por sair de casa para que as reformas aconteçam, contará com o transtorno de alugar um lugar nesse meio tempo, ou, então, passar uma temporada na casa de amigos e familiares;

– Como em qualquer tipo de reforma, é necessário saber que os prazos são somente uma previsão para o fim das obras. Organize-se para saber como agir em situações não previstas.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *